Um dia e nada mais

Publicado: setembro 24, 2011 em Poesias

Queria por um dia
acreditar que estou só
que não sou parte de nada
que não tenho compromisso com ninguém

_
Queria por um dia
Não pensar em quem passa fome, frio
queria ver o malabarista do sinal
como um simples marginal
e sonhar com o que a vitrine me oferece,
mas não me dá

_
Queria me parecer com a elite branca e rica,
e também  ter nojo do mendigo
Queria achar que pobre é vagabundo
e que quem trabalha fica rico
Queria acreditar que boas crianças
ganham presentes no natal

_
Queria… não quero mais.

_
D. R. Rangel

Anúncios

Qual sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s