Quem?

Publicado: setembro 30, 2011 em Poesias

Desde pequeno te chamo
à anos sonho contigo
persigo tua morada
procuro nas ruas por ti
em mim, já te possuí
mas o que tive foi pouco
teu nome, sabia doer
teu segredo é a confusão
e ainda que não tenha entendido
a chave reside na reflexão.

D. R. Rangel

Anúncios

Qual sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s